Descubra 4 Certificações para Empresas de TI

Autor: 
We Audit
Fonte: 
http://blog.weaudit.com.br/descubra-4-certificacoes-para-empresas-prestadoras-de-servico-para-ti/

Para que o negócio consiga sobreviver a um mercado tão concorrido, conquistar certificações para empresas de TI pode ser a melhor solução, pois elas ajudarão os gestores a desenvolver um diferencial competitivo forte para ter destaque no mercado.

Muitos clientes já consideram as certificações como requisitos básicos para a contratação de uma empresa de TI, já que isso prova níveis de capacitação e profissionalismo elevados.

Ficou interessado no assunto? Então, descubra agora as principais certificações que a sua empresa de TI deve conquistar:

1. ITIL

O ITIL (Information Technology Infrastructure Library) representa uma das certificações mais importantes do mercado. Clientes exigem e empresas a cobiçam devido ao foco que ela dá no desenvolvimento de habilidades de planejar e executar ações estratégicas, contribuindo para o crescimento de forma sustentável do negócio.

Para obter essa certificação, os profissionais devem agendar o exame com 40 questões de múltipla escolha.

2. ISO 20.000

O ISO 20.000 foi a primeira certificação reconhecida internacionalmente por permitir um padrão de gerenciamento dos serviços de TI. Originou-se a partir da norma BS 15.000, desenvolvida pelos britânicos.

Todos os profissionais prestadores de serviços de TI e empresas exportadoras desse tipo de serviço podem obtê-la a partir da aquisição da certificação em ITIL (discutida no tópico anterior) e da contratação de uma consultoria para ajudar o negócio a otimizar os processos e formar auditores internos.

3. CMMI

O CMMI (Capability Maturity Model Integration) representa um dos modelos de certificações para empresas de TI mais cobiçados. Desenvolvida pelo SEI (Software Engineering Institute) da Universidade Carnegie Mellon, Pittsburgh, EUA, o objetivo desta certificação é aumentar a qualidade dos softwares produzidos implementando melhorias nos processos de desenvolvimento.

Ou seja, ela visa tornar os processos em um conjunto de atividades organizadas e com metas previamente estipuladas, agregando qualidade ao atingir um resultado preestabelecido.

Além disso, o CMMI serve como um guia para ajudar gestores e profissionais da área de TI a dar continuidade no processo de implementação de melhorias.

Para conseguir essa certificação, a empresa terá que passar por um processo de evolução gradual, considerando diferentes níveis. Cada um com certo grau de maturidade a ser alcançado.

  • Inicial: não há nenhum padrão estabelecido ou obedecido, gerando um caos processual;
  • Gerenciado: os projetos passam a ser planejados, gerenciados e medidos;
  • Definido: os processos tornam-se padronizados, tendo etapas claramente definidas e compreendidas;
  • Quantitativamente Gerenciado: o autocontrole gera projeções de resultados;
  • Otimizado: foco contínuo na melhoria dos processos.

4. CISSP

A certificação CISSP (Certified Information Systems Security Professional) também é considerada muito importante por ser voltada para área de segurança da informação.

Permite trabalhar no desenvolvimento de softwares, aplicativos, estruturas na nuvem e em outras tecnologias com maior nível de segurança. Ou seja, atua com maior foco no combate aos ataques cibernéticos por meio do monitoramento de redes. Assim a empresa e clientes podem se proteger melhor contra acessos não autorizados e perdas de dados.

Para obter essa certificação, os profissionais de TI deverão agendar uma prova com 250 questões de múltipla escolha e uma duração média de seis horas para ser concluída. 70% de acerto é o mínimo exigido para passar no teste.

Estas não são as únicas certificações para empresas de TI, porém representam algumas das principais entre as mais cobiçadas pelas empresas e exigidas pelos clientes. Lembrando que ter o apoio de uma consultoria fará toda a diferença para conquistar essas certificações mais rapidamente e com menores esforços.